Escola da Floresta Bloom é um programa inovador de aprendizagem não formal sob o mote “À Descoberta da tua Natureza” que pretende re-ligar as crianças à Natureza, através do brincar e de experiências divertidas, regulares e continuadas ao ar livre, com uma abordagem holística desenhada em função de cada criança.

É uma pedagogia emocionante e que permite às crianças um contacto regular com um ambiente local ao ar livre.

Saiba mais sobre o Programa aqui

A Escola da Floresta Bloom tem por base a filosofia Forest School (UK) e implementa atividades da Sharing Nature Worldwide (USA), através da metodologia lúdico-criativa Flow Learning™. Esta metodologia lúdico-criativa está estruturada em quatro estágios: Despertar o Entusiasmo, Experiência Direta, Focar a Atenção e Partilhar a Inspiração que exploram os elementos básicos da aprendizagem:
Sentir , Fazer, Observar e Pensar. A cada estágio correspondem atividades e jogos muito divertidos através dos quais as crianças aprofundam as suas relações consigo próprias, com as outras pessoas e com o mundo natural. O programa pode ser implementado em horário curricular ou em contexto extra-curricular, em sessões semanais ( 2h duração).

É um processo inspirador que oferece às crianças e jovens oportunidades regulares de aquisição de competências socio emocionais, como a adaptabilidade, auto regulação, comunicação, pensamento criativo, resiliência e resolução de problemas. Esta aprendizagem é holística e centrada na criança, baseada na vivência de experiências práticas num contexto de mata ou floresta.

Recebemos escolas/ turmas na Quintinha de Monserrate (Sintra) ou na Quinta do Pisão (Cascais) e/ou implementamos o programa na sua escola, caso exista um espaço natural próximo que o permita.

Saiba mais info@movimentobloom.org.pt

APOIOS INSTITUCIONAIS

O projeto Escola da Floresta Bloom teve início em 2019 no âmbito das Academias de Conhecimento Gulbenkian num protocolo tripartido entre a associação Movimento Bloom, a Fundação Calouste Gulbenkian e a Parques de Sintra-Monte da Lua.

Esta primeira fase do projeto decorreu durante 9 meses no ano letivo 2019_2020 e consistiu em 16 sessões semanais outdoor e
16 sessões semanais no espaço exterior da escola, em horário curricular, com a duração de 2h cada para 16 turmas do 1º ciclo (1º ao 4º ano) do Ensino Básico da Escola Básica da Várzea em Sintra e inclui a participação dos professores e auxiliares técnicos.

Numa segunda fase, que teve início em outubro de 2019 e que decorre até ao momento, a associação Movimento Bloom renovou a parceria com a Parques de Sintra-Monte da Lua e a Câmara Municipal de Sintra associou-se também ao projeto. No âmbito deste novo protocolo mais de 350 crianças, provenientes de 16 turmas de 11 escolas públicas do concelho, frequentam semanalmente o programa ( 8 sessões ) a título gratuito.

Projecto Academia de Conhecimento Gulbenkian

Investir nos jovens que vão fazer a mudança

A Fundação Calouste Gulbenkian lançou, em maio de 2018, as Academias do Conhecimento, num movimento de promoção de competências para que as crianças e jovens de hoje sejam capazes de enfrentar um futuro em rápida mudança. Com este projeto, a Fundação pretende chegar a 10 mil jovens, nos próximos cinco anos, e dotar uma centena de organizações sem fins lucrativos de metodologias e estratégias que, comprovadamente, desenvolvam novas competências num universo de sub-25 anos.

Enquanto projetos sediados em organizações públicas e privadas, sem fins lucrativos, heterogéneas na sua orgânica, dimensão e atividade, cabe às Academias o desafio de promover atividades de âmbito artístico, científico, comunitário, cultural ou desportivo, em áreas tão díspares quanto a educação, a saúde, questões sociais ou tecnológicas, que desenvolvam, nas crianças e jovens com menos de 25 anos, competências como o pensamento crítico, a comunicação, a resiliência, o trabalho em equipa, a superação da frustração, a capacidade de resolver problemas complexos ou a adaptação à mudança. Todas as Academias podem contar com o apoio técnico, financeiro e a mentoria da Fundação Calouste Gulbenkian.

A Escola da Floresta Bloom foi selecionada pela Fundação Calouste Gulbenkian para ser Academia de Conhecimento e propõe-se implementar o seu programa inovador de aprendizagem tendo por objetivos desenvolver nas crianças a resolução de problemas; adaptabilidade; comunicação; pensamento criativo e assim criar-lhes uma atitude mental positiva e confiante de forma a contribuir para que cresçam mais capacitadas para as exigências da sua vida futura, conscientes e felizes.

O programa abrange um grupo de cerca de 180 crianças do 1º ciclo da Escola EB1 Várzea residentes no concelho de Sintra, com idades entre 6 e 12 anos, durante 9 meses (36 semanas) com início a 15 outubro de 2018.

A Escola da Floresta Bloom utiliza como metodologia de aprendizagem o cruzamento entre a abordagem Forest School (UK) e o método experimental Flow Learning™(USA), ambos implementados por profissionais qualificados e decorrerá na Quintinha de Monserrate no Parque Natural Sintra-Cascais.

Co-Financiamento

Parceiros

Agrupamento Escolas D.Carlos I – Escola EB1 Várzea