Vamos construir casinhas de fadas?


O reconhecido psicólogo Eduardo Sá defendeu recentemente num encontro promovido pela Carlucci International School of Lisbon e a revista Pais & Filhos que a brincadeira é um "património da humanidade" que ajuda "a pensar em tempo real e a resolver dificuldades" sublinhando que "brincar não pode ser uma atividade de fim-de-semana" nem os espaços para brincar podem estar confinados a pátios fechados. "É obrigatório que as crianças brinquem na rua" defendeu. E nós aplaudimos de pé!